sábado, 8 de janeiro de 2011

Reflexão alcoólica

Que as pessoas ponham suas cabeças um pouquinho pra fora da 'caverna' e possam vislumbrar de uma consciência mais humanitária, mais integrada com o Meio Ambiente, com a Terra. Que as leis que tratam a bebida alcoólica como droga legal sejam revistas, que seja tratada como droga nociva à sociedade, como as outras drogas são. Pois só as esposas e os filhos que apanham, humilhados, por seus maridos e pais bêbados; os que perdem parentes e pessoas queridas por ações dos mesmos, isso corriqueiramente em nossa sociedade. Os bêbados fazem todas as ‘merdas’ e por estarem bêbados são perdoados. Matam, espancam, desrespeitam, estupram, destroem, enfim. Isso se deve ao alto escalão do poder ser também viciado numa bebidinha, também gosta de toda safadeza que proporciona o efeito de tal droga. Se há problema nas atitudes posteriores ao seu consumo, é perdoado pela magnífica doideira que proporcionou. É a máxima do rir de si mesmo, a máscara da caretice ! De não perceber um palmo além dos interesses pessoais, a doce ilusão de uma realidade sinistra e equivocada. Pois desmoraliza a nação inteira. Não acho mais qualquer graça no bêbado, nem os levo a sério. Não os quero por perto de mim. Na verdade quanto mais distante fico dos bêbados, mais agradável torna-se minha vida. Que tais leis consagradas pela justiça - milhares de adentro entranhados num labirinto de argumentos, protagonizando um poder sobrenatural às realidades mais comuns da humanidade - acordem para uma evolução em seu ápice de conhecimento, por uma comunicação globalizada; diante um capitalismo que insiste em manter vivas mentiras centenárias, milenares, contadas bem mais que mil vezes, repetidas continuamente, quando precisamos acordar para a consciência de que a humanidade faz parte de um sistema integrado com a natureza do planeta. Cada árvore, cada gota de água ou petróleo, cada grão de areia ou pepita, cada bicho, cada Homem. Então, pra que tanta sabedoria ?

Um comentário:

  1. Olá.
    Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
    Eu também tenho um, só que muito simples.
    Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
    Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
    Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
    E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
    Força, Paz, Amizade e Alegria
    Para você, um abraço do Brasil.
    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir